Autonomia

A lei natural relativa ao Homem é a Autopreservação.
Ninguém pode ou deve fazer por você nada sobre manter sua vida e desenvolver-se. Isso é pessoal e individual. A interferência de outros na sua vida e saúde tem dois principais efeitos negativos: impedem a sua evolução e destroem sua saúde e equilíbrio. O exercício de preservar-se é essencial também para o conhecimento, a evolução interior e a justiça.
Entregar à sociedade como um todo a necessidade e obrigação de preservar-se é um prejuízo brutal. Ninguém pode substituir o outro nas funções de comer, beber, dormir, respirar, andar, falar e menos ainda, em perceber o momento, como e quanto as necessidades devem ser satisfeitas.
Há necessidade de exercer as funções de autopreservação. Ainda, preservar-se é um direito sobre o qual qualquer interferência ou invasão significa a destruição do indivíduo e da sociedade. Não é possível “coletivizar” ou socializar a lei básica sobre a qual se apoia o homem.
A relação direta e desimpedida do homem com seus semelhantes e todas as fontes da vida e da saúde são a garantia dessas e da evolução. Se um homem não pode exercer a autodefesa, alimentar-se e produzir os próprios alimentos, respirar, expor-se ao sol, exercitar-se, relacionar-se, se abrigar das intempéries, e todos os fatores necessários à vida, disponíveis para que ele próprio os utilize como necessita, logo, minguará, ficará doente e morrerá.
A tese de que não somos autônomos e autossuficientes é falsa, e é utilizada para escravizar a humanidade. Some-se a isso todas as necessidades artificiais e a tecnologia desnecessária, perigosa e tóxica que os elementos para a aniquilação se apresentarão.

Ceder a tentação e se deixar seduzir pela cantilena das sereias que lhe dizem que, se você for um “bom cidadão”, cumpridor das regras, estará bem porque o Estado/governo/ciência lhe garantem uma vida maravilhosa, tranquila, rica, saudável, de sucesso. Ora, isso é a arapuca para apanhar ingênuos, rasos.

A única saída está em compreender que você precisa exercer sua autonomia, se tornar autosuficiente porque a natureza humana exige a autopreservação, autocura, auto-salvação e a compreensão pelo esforço voluntário. O resto todo, é uma mentira maliciosa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s