As origens da ditadura sanitária

O complexo médico farmacêutico tem origem e filosofia nazista. No caso, não está somente apoiado em princípios falsos, mas tem como objetivo principal o envenenamento sistemático da humanidade. Nisso participa ativamente a classe médica. Os doutores não dão um passo sem as drogas, sem testes e exames. São completamente dependentes das drogas e se especializaram em envenenar lentamente sem matar no ato. A medicina moderna é a medicina nazista, apoiada nas pesquisas e metas genocidas. As farmacêuticas, ligadas a indústria petrolífera faturam muitos $$$ trilhões e compram governos, Estados, funcionários públicos e, especialmente, o doutores. O interesse desses criminosos é na MÁ SAÚDE. Mas, pior, está evidente que querem o controle total da humanidade. Os cretinos investem na “Bolsa”, nos Bancos, que estão ligados a esse tipo de negócio criminoso. Obviamente, os “investidores” querem lucro, não importa que isso seja uma condenação para seus filhos e netos.
Os nazistas venceram a guerra, mesmo perdendo-a. A humanidade está condenada – químicalizada, alterada, doente, desvitalizada.
As pessoas rastejam e imploram pelos venenos. Estão dependentes, viciadas psíquica e fisicamente.
Como podem acreditar numa pseudociência nascida nas entranhas do demônio? É óbvio que a coisa toda foi pensada para envenenar o mundo. Os médicos sabem disso e estão de quatro para o lucro e o poder. O povo ignorante e estúpido põe para dentro e se deixa injetar com qualquer coisa que lhe prescrevem – eles “acreditam na ciência”! Não há nenhuma solução para isso, a não ser a morte agonizante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s