A Lua


A “descida do homem na Lua” e tudo o que refere a conquista do espaço é um amontoado de mentiras e ocultações que revelam as más intenções de cientistas e governos.
Nada do que dizem pode ser acreditado. Tanto quanto as descobertas no mundo micro quanto no macro só há mentiras. Eles não sabem nada relevante para a vida e usam seu poder para aumentar o domínio e a escravidão humana. As máquinas, nascidas da tecnologia, são não só inadequadas para conhecer esses mundos – produzindo conhecimento falso, mas têm consequências negativas sobre a vida e a saúde.
Quanto mais a tecnologia avança, mais limitado e estúpido o homem se torna. Suas potencialidades secam e morrem e ele se animaliza, esperando soluções e magia de farsantes e falsos profetas. Não é por acaso que temos limitações físicas para perceber e fazer. O potencial verdadeiro do homem está no seu psiquismo e além dele, no interior, onde os sentidos não alcançam. Os mundos muito pequenos e muito grandes não podem ser descobertos pelo homem físico e pela extensão de seus poderes através das máquinas. Só o desenvolvimento organizado e sábio dos poderes interiores individuais pode revelar a verdade sobre o universo micro e macro e ficar sobre o controle humano pessoal.
O que não se reconhece e pode ser fatal para a espécie humana, é que a tecnologia é satânica. Há muitas escrituras e lendas advertindo dos erros e riscos nesse sentido. Todo o poder que vem dali é contra a vida, contra a liberdade e a justiça.
Os ciclos de “avanços” nesse sentido, seguidos de guerras e aniquilação, se repetem cansativamente na história conhecida e desconhecida. A tecnologia nada mais é do que um meio de dominar, de matar. As conquistas são todas pelo poder de matar – nada tem a ver com superioridade de espírito. Depois de servirem para esmagar o vizinho, se voltam contra o próprio povo, como acontece agora, nunca tivemos tão pouco da liberdade.
Agora nos ameaçam sem pudor e usam de violência, de todos os meios para subjugar, enganar e matar. Isso é o que a “ciência” deles é: armas de extermínio e escravidão.
A civilização atual é lunática, alucinada cruel, pervertida – não é humana. Na medida que o homem decai no espírito, lança cada vez mais mão dos poderes da pseudociência e seus resultados. Tecnologia é sinônimo de morte, de inversão dos reais valores humanos. A Lua é por sua condição psíquica baixa a fonte material das “descobertas cientificas” malignas tomadas por egoístas e insanos na sua sanha de dominação. Para os estúpidos, grosseiros, só a força e o poder de matar importa. Não pode haver paz e vida saudável sob a égide dessa civilização pervertida e sob a regência lunática. Muito mais não pode ser dito, mas deve ser suficiente para avisar para onde caminhamos e que precisamos retornar e abandonar essas coisas que não nos pertencem, mas aos lunáticos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s