Energia Solar


O Sol fornece energia muito constante, com variações cíclicas mínimas à cada 11 anos – e há outros ciclos ainda mais longos e complexos. O fato é que essas variações são muito pequenas, de maneira que não ameaçam a vida – o fornecimento de luz e calor é surpreendentemente regular para as supostas “explosões nucleares”. O patético e o ridículo da hipótese “científica” é que imaginam uma coisa, ou mesmo querem que as pessoas acreditem em suas viagens alucinadas por algum motivo escuso. É claro que não há nenhuma chance dessa hipótese ser verdadeira!

Uma fissão nuclear não teria como ser regular e congelaram ou incineraria a Terra. Essa hipótese do Sol funcionar como uma bomba nuclear é tão impossível e tolo que beira o ridículo.
O Sol tem um diâmetro próximo ao da Terra e uma coroa de calor que lhe dá um diâmetro enorme. Ora, o Sol é uma bola metálica pequena e, possivelmente fria – está provado que a temperatura externa é muito maior do que perto do núcleo – ou seja, onde deveria ser mais quente é mais frio!
O que lhe torna fornecedor de luz e calor certamente não é nenhuma reação nuclear “controlada”, magicamente.

“Achar” isso e afirmar essa bobagem é desonestidade intelectual. Eles não sabem ou, como em todos os outros assuntos cósmicos estão mentindo para ocultar coisas que diminuiria seu poder de manipular.


O Sol dentro do sistema planetário e mesmo inserido na Via Látea é um enorme eletroímã que produz quantidades muito constantes de energia. Nada tem a ver com energia atômica, do núcleo, que, fosse assim, sofreria um gasto rápido e incontrolável, mas com energia elétrica e magnética onde o desgaste é mínimo e a produção de energia constante e esse determinado pela sua composição, tamanho, velocidade e elementos circundantes.


O que faz com que esses sistemas de planetas e o Sol tenham tal comportamento regular, previsível? Isso seria casual, acidental e resultado de outra bobagem pseudocientífica como o Big-Bang? Claro que não! Só um tolo pode conceber e outros tolos acreditarem em algo assim. Uma explosão descontrolada, acidental produziria a ordem surpreendente e maravilhosa que observamos no Universo? De nenhuma maneira – há inteligência que comanda a cada planeta, estrela e outras formações. Os planetas e sóis são seres conscientes e não coisas mortas e mecânicas. A concepção da pseudociência é completamente estúpida e invertida. De fato, eles, os doutores, imaginam e querem fazer crer, que eles são os únicos seres inteligentes e assim, quanto mais ignorantes e desinformados forem os outros, mais eles tem poder. O sonho desses pretensiosos é ter o Universo, que seria algo manipulável por meios tecnológicos e portanto, ao seu comando. Eles são lunáticos, loucos egoístas. Não há nenhuma honestidade nas “teorias” científicas – partem de princípios e hipóteses falsos e criam exceções e contorcionismos para “provar” suas teses.

As teorias, falsas, sobre o nosso sistema solar e como o sol emite luz e calor é a raiz de mais uma ditadura, a climática, ao lado da atual ditadura sanitária. E por trás dessa teoria absurda e falsa está a pretensão da pseudociência em dominar a natureza e mais, o clima e quiçá, o Universo. Megalomania a serviço da dominação e escravidão humana.
Atenção!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s