Desmistificando a Peste


Primeiro. A presença de qualquer microrganismo não significa doença. Esse é um princípio de base da microbiologia. Se não há sintomas, não há doença.
Segundo, os microrganismos são ubíquos, ou seja, estão em toda a parte, dentro e fora do organismo.
Terceiro, a vida de espécies como a nossa são impossíveis sem os micróbios. Somos 100% dependentes deles, de todos eles.
Os microrganismos são a consequência de alterações da saúde e jamais a causa dessas alterações.
Os microrganismos são os carniceiros que são atraídos e chamados para limpar onde há necessidade. Depois da limpeza, desaparecem.
Os microrganismos não vivem em células saudáveis e equilibradas, eles só atacam onde há resíduos e podridão.
Se você está com “infecção” você está precisando de uma faxina ou, você está podre e deve ser consumido pelos carniceiros e enterrado para reciclagem.
Não se “pega” vírus, bactérias ou fungos, você os produz quando há alterações da saúde. Os microrganismos são 99% endógenos. Pegar doenças é uma mentira para manter e engordar os lucros dos charlatões.
As causas das assim chamadas “doenças” são internas, suas e não dos outros.
A única imunidade é a da boa saúde, do equilíbrio interno. As inoculações destroem sua saúde e provocam doenças.
Os testes para detectar vírus são uma fraude grotesca – não há nenhuma prova de que pessoas sintomáticas ou assintomáticas estejam doentes daquilo que o teste indicou. E menos ainda que esses resultados positivos significam que alguém seja um transmissor da suposta “doença”.
Os 95% das pessoas saudáveis não podem ter a sua saúde e vida destruída pelos 5% que adoecerão por sua condição enferma ou porque vivem caoticamente provocando suas doenças.
Deixem de ser palhaços e escravos dos criminosos que enriquecem e estão no poder mentindo sobre doença! Não seja covarde e supersticioso, isso é vergonhoso e indigno de um ser humano!

Um comentário sobre “Desmistificando a Peste

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s