A Destruição deliberada da Moral

Por que o STF, com todo o judiciário e parte do Congresso, adotou o projeto da esquerda e protege o crime?
Quem fez a análise mais abrangente disso foi o Olavo de Carvalho. Mas, não custa olhar para isso e tentar ver outros elementos.
É óbvio que essas “instituições” tem como principal objetivo destruir e provocar o caos absoluto. Eles sabem que do caos, da fome e do ódio nasce o comunismo, o socialismo radical – a revolução!
O cidadão nunca foi protegido da agressão do crime, agora é proibido de reagir e, para piorar, os criminosos são protegidos e perdoados pelo Estado.
Isso, em pouco tempo, destrói todo o senso de justiça e empurra todos para a marginalidade, para a vingança e o menosprezo pelo que é correto.
Os jovens são sempre os mais atingidos e perdem a chance de construírem uma consciência moral. O sexo e a força dos instintos os predispõem a aventura irresponsável e a contestação dos progenitores. Nisso, é bom lembrar, que a cultura e a educação está completamente dominada por essas pautas doentias da esquerda criminosa e elas estão no controle dos jovens. Professores e “artistas” servem, em sua maioria, desavergonhadamente a destruição dos valores.
Libertar criminosos ou não punir crimes é o meio mais cruel de perverter a sociedade. O mau exemplo, em todos os segmentos sociais está, certamente, acima do crime – punir exemplarmente foi, é e sempre será um meio eficiente de dissuasão – funciona perfeitamente até com os animais. A tese de “recuperação” do criminoso, como se a sociedade honesta e correta fosse a culpada é uma distorção deliberada das causas do crime. As causas, que em geral estão perdidas no tempo, não podem ser colocadas como justificativa para o crime, mesmo que providências sejam tomadas para evitar que, no futuro, outros caiam no crime, o criminoso deve ser severamente e imediatamente punido. Isso é justo e necessário.
Vivemos num Estado Revolucionário de fato, que nos empurra para a violência e o caos e no fim, seremos nós, os cidadãos de bem, a ser punidos com a perda da liberdade, da igualdade e da propriedade – o que, na prática, já acontece.
Os promotores do caos são aqueles remunerados pela sociedade, aos quais foi dado poder para ensinar e julgar. Toda essa geração do judiciário, da educação e da cultura está irremediavelmente corrompida e faz o trabalho do mal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s