Escravidão Voluntária


O homem assim chamado “civilizado” é, na verdade um escravo feliz do sistema politico/empresarial.
A liberdade que imagina que tem é aquela dos prisioneiros. Depende de seus donos e os obedece em tudo, entrega seus filhos, filhas e esposas para o deleite e a exploração de seus proprietários.


O modo de vida com um ambiente tóxico, doentio, ameaçador, pervertido destrói a saúde física e mental desde o berço. A sociedade atual está desenhada para adoecer e submeter o homem e manipula-lo absolutamente. Depois de destruir seu equilíbrio, de drenar suas forças e vitalidade o sistema impõe vacinas, restrições, drogas farmacêuticas, coisas que não curam, não podem curar, mas mascaram e suprimem sintomas e agridem ainda mais profundamente a fisiologia.


Viver nessas condições é indigno e destruidor. As esperanças de melhora, de eleger um salvador e transformar a sociedade são tolas, infantis e supersticiosas. De fato, os escravos sustentam e apoiam seus donos a explora-los e a desrespeita-los cada vez mais.
É surpreendente que o povo não se dê conta de que está compactuando com sua própria exploração e morte. Nada, absolutamente nada do que chamam de estado, governo tem qualquer beneficio e chegou ao que assistimos hoje, um sistema de exploração sem limites.


O peso de manter a ilusão é mortal, esmagador. Não há vida, não há saúde, não há equilíbrio, segurança, paz, futuro algum sob a tutela criminosa da “república”.
Não há que lutar contra, mas se retirar agora e parar de compactuar com a própria exploração.
Despertem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s