A AIDS DOS INJETADOS

A AIDS e a IIDS
A AIDS, a Síndrome da Imunodeficiência “Adquirida” foi conhecida pela medicina muitas décadas antes como Síndrome da Imunodeficiência, essa produzida por vários fatores tóxicos, defeitos internos transmitidos ou acidentais, entre outros. Ora, o “A” de Adquirida foi introduzida na década de 80 sob o pretexto de que seria provocada, misteriosamente, por um retrovírus (que geralmente não são “patogênicos”) e que poderiam apresentar sintomas até 10 anos após a “contaminação” via sangue ou sexo – o retrovírus ficaria “latente” para atacar quando a imunidade diminuísse por algum fator aleatório. Essa suposta doença MORTAL foi fortemente relacionada com a comunidade gay de São Francisco nos EUA.
Ora, nunca se produziu uma vacina para essa “terrível e mortal doença” – e também uma pandemia, o tal retrovírus nunca foi isolado e os exames PCR, idênticos aos usados hoje nessa nova “pandemia” produz resultados positivados com meia centena de outras doenças, ou seja, produz resultados errados que levaram centenas de milhares a fazer um tratamento mortal com o coquetel tóxico. O que matou milhões foi e continua sendo o tratamento!
Isso para situar o leitor que a história é velha e se repete com outra roupagem.
Os laboratórios, a OMS, a China e governantes irresponsáveis submetem o povo a injeções com imunizantes experimentais, declarada e reconhecidamente danosos, perigosos, mortais ou inócuos. Inócuos só no sentido de não servirem para o propósito de imunizar, mas igualmente danosos.
A pressa, a insanidade de submeter o mundo a isso, por uma pandemia questionável e com baixíssima mortalidade, é mais do que suspeita, é obviamente um projeto de controle e despopulação.
Vão levar a bilhões desses injetados com esses produtos perigosos a uma SÍNDROME DA IMUNODEFICIÊNCIA POR INJEÇÃO.
Todos os que se submeterem ou que já se deixaram injetar estão condenados em algum momento em desenvolver uma daquelas “DOENÇAS OPORTUNISTAS”, aquelas que matam os aidéticos, cedo ou tarde!
Pneumonia, câncer, tuberculose, Alzheimer, loucura, infecções intestinais, e mais uma centena de infecções e alterações graves por ausência total de imunidade aparecerão para esses injetados.
Lembrem que vão acusar, num futuro próximo, outros vírus, novas “pandemias”, pestes e pragas por problemas climáticos, ou motivos desconhecidos. E isso levará a mais restrições, mais controle e mais injeções com mais venenos.
Os picados, injetados, vacinados serão todos aidéticos ou pior. Não se pode prever os horrores que essa aventura nazista provocará.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s