“INSUMOS”


Para produzir vacinas – e numa quantidade que cubra as necessidades mundiais, é necessário saber que são necessários toneladas de “insumos” e equipamentos altamente tecnológicos.
Ora, os antígenos, inativados ou não, precisam ser trabalhados por anos em vários meios “nutritivos” – fetos, animais, ovos, células humanas – esses “vírus”, sendo coisas não vivas, não podem se reproduzirem a não ser em meios VIVOS. É de se imaginar que nesses insumos produzidos na China há muito sangue, tecidos e dor dos “dissidentes”. Num país sob uma ditadura comunista, fechado, tudo é possível e há muitos indícios de que os indesejáveis da sociedade são usados para experiências e para produzir esses soros podres.
São necessários muitos anos, décadas, para isso ser desenvolvido razoavelmente e funcionalmente.
É óbvio que um vírus descoberto na década de 60 do século XX não só é bem conhecido da comunidade científica, mas também se manifesta em sintomas gripais comuns e sazonais, como pode ser manipulado, e certamente foi, como arma biológica. Mas, antes e mais importante, é necessário se dar conta de que tudo isso foi deliberadamente construído e ao mesmo tempo, os antígenos somados aos “insumos” que permitiriam a produção em grandes quantidades dos soros!
O que precisa ficar claro, e que, de nenhuma outra maneira seria possível, é que essa “pandemia” foi preparada em laboratórios de guerra em várias partes do mundo para atingir a humanidade primeiro com um cenário grotesco e charlatão de filmes de terror zumbi, para deixar todos apavorados e suscetíveis para aceitar o que viria: RESTRIÇÕES VIOLENTAS E VACINAS! O vírus não é “novo”, mesmo que tenha sido manipulado.

Nenhum “patógeno” pode causar mal por muito tempo e em todas pessoas – isso vem sendo tentado há muito como meio de atingir e controlar a humanidade e nunca deu certo. O que os criminosos genocidas fizeram? Criaram uma pandemia fake, baseada num exame que positiva com milhares de condições metabólicas acompanhadas ou não de sintomas gripais. Lembrem que muitos que têm seus testes positivados estão completamente saudáveis, sem sintomas (atletas e jovens).
O objetivo, para que todos fossem inoculados com o VENENO que prepararam, foi simular uma pandemia e criar mil narrativas por “especialistas” que atribuíram autoridade a elas. Então, sempre, por trás da falsa pandemia, esteve a ideia de vacinar a maior parte da população mundial e adoece-la, mata-la e domina-la completamente.
O veneno, a peste, sempre esteve na suposta “cura”, na VACINA! Todos os que se submeterem a ela(s) jamais terão sua imunidade natural e estarão sujeitos a muitas doenças (as novas cepas e pestes e pandemias, já anunciadas).


Em 6 meses a um ano é completamente impossível criar uma vacina desde o princípio e é ainda mais impossível sem os “insumos“.
O fato pavoroso e criminoso é que isso vem sendo preparado há décadas com o conhecimento e participação de farmacêuticas, cientistas, de Estados e de governantes. Eles sempre souberam e participaram. São genocidas, são bestas furiosas e impiedosas.
Acordem! O sistema é o inimigo a ser destruído, se é que ainda é possível.
No caso, confio mais num Êxodo organizado e viver fora das cidades. Quem estiver nesses meios, não poderá evitar o pior sobre si mesmo e sobre seus parentes e amigos.


Eles querem que você morra silenciosa e mansamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s