Quem se salvará?

O País tem um Núcleo de poder Criminoso
Pessoas que vivem da mentira, do engano, do roubo, de receber benefícios indevidos, de corrupção, que significam o prejuízo de outros, de se ocupar de ideologias que implicam em escravidão, em miséria para os semelhantes, de ideologias que fazem uso da violência, ameaça e da revolta pelo poder, são psicopatas e sociopatas que escalam postos na sociedade por meios escusos e beneficiam seus iguais para cometer crimes como eles. Não são humanos, mas predadores perigosos. São eles que estão efetivamente no poder!
Entre as espécies inferiores, os líderes são realmente os mais fortes e os mais capazes. Na espécie humana, são os piores, os mais perigosos e prejudiciais a sociedade.
Como chegamos a isso e por que isso piora visivelmente?
O contato com o Círculo Consciente da Humanidade, com os Centros Superiores, com a Lei – Deus, se rompeu e a civilização se encaminha miseravelmente para a decadência e destruição.
O Homem máquina, função e construído pelos sentidos é um títere passivo e num sono hipnótico. Ele se acha capaz de fazer, se imagina consciente e que sua obstinação seja, supostamente, Vontade – quando é só uma máquina biológica reativa, sem um Eu Real, mas um ajuntamento desconexo de eus que são produtos de sua relação com seu meio. Esse meio, essa sociedade, essa civilização está apoiada em falsos valores e doutrinas. O resultado é uma coisa, meio humana, um saco de emoções negativas, fraco, desvitalizado e dependente – o homem “civilizado”!
Somente um êxodo, com a formação de congregações, sob direção consciente e regidas pela Lei, poderão sobreviver, eventualmente, a carnificina e opressão absoluta que já desponta inegável. O final catastrófico não pode ser evitado. Algumas ilhas e arcas podem preservar grupos mais conscientes.
Investir e compactuar com qualquer coisa do sistema vigente é se condenar e logo ser abatido como uma ovelha pacifista e tola.
Retirar-se, sobreviver, se dedicar a se reconectar com os Centros Superiores é o único escudo eficiente contra o mal generalizado.
Há saída, mas tem preço e prazo. Compreender isso, é o primeiro passo para a salvação do dilúvio, que já começou.
Despertem, amigos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s