Desmistificando o Covid e a Pandemia


Uma breve análise científica da pandemia e do vírus, como suposta causa de sintomas.
A pandemia não está apoiada em nenhuma lei natural, mas na negação absoluta da ciência. E, previsivelmente, todas as ações para “curar” e impedir a doença são erradas, perigosas e mortais.
A relação entre vírus e doença jamais foi comprovada e existem FATOS que demonstram que vírus são consequência e não causa.
A presença de microrganismos não significa doença e a ausência de microrganismos não significa saúde.
Não há como afirmar que o vírus é “novo”. A descoberta dos vírus corona é de 1960! Se os testes são de 2019/2020, não há como afirmar que o vírus de 2019 não é o mesmo de 1960 e nem mesmo que os vários vírus corona não existem desde SEMPRE!
Os testes PCR são incapazes de detectar precisamente vírus diferentes – todos são identificados como COVID. Há, também muitas disfunções que positivizam o testes mesmo na ausência de qualquer vírus. Ou seja, muitas condições de saúde, com ou sem sintomas, em pessoas doentes ou saudáveis identificadas como positivas para coronavírus são em sua maioria FALSAS!
Portanto, a relação entre o vírus e doença não é natural e nem causal. Microrganismos, incluídos os que chamam de “vírus”, são ubíquos dentro e fora do organismo. Ou seja, em todas as pessoas, saudáveis ou não, se encontram vírus e bactérias convivendo simbioticamente no organismo. A relação entre a presença desses seres e doença é falsa porque acontece em todas as condições chamadas de saúde e também na falta dela.
As ideias e as ações sobre a pandemia são de segunda mão, são impostas, são artificiais e objeto de propaganda massiva para impor a narrativa. De fato, são incompreensíveis para o povo em geral. Há uma extensa lista de teorias e hipóteses contraditórias e não comprovadas usadas para justificar as piores e mais hediondas ações.
Nem é preciso se esforçar muito para constatar que há diferenças de efeito do “vírus” irreconciliáveis com a ciência. Não há nenhuma constante em tempo e lugar para a manifestação de sintomas relacionados a virose. E não há efeitos invariáveis e constantes. O que indica que a hipótese viral e pandêmica é uma farsa. A relação de causa e efeito foi simplesmente ignorada e ocultada.
Todas as afirmativas e ações sobre o vírus e a pandemia estão baseadas em fatos passados e em testemunhos suspeitos. A ninguém é possível constatar diretamente, pelos sentidos, a verdade.
Todo o assunto se tornou objeto supersticioso, irracional e emocional. Tudo está sendo aceito pela palavra de outros, mesmo que ilógico e incompreensível.
A ideia perversa e anormal da ação viral e da pandemia propaga a injustiça de que todos, independente de seu modo de vida segundo as leis naturais ou em oposição a essas, será atingido e, portanto, nada do que fizer pessoalmente terá qualquer efeito para a saúde. No caso, o vírus seria mais poderoso que o homem e seu bom comportamento. Estabelece-se aqui, através da pseudociência, a imprevisibilidade e a injustiça, portanto, o terror e o medo irracional.
A ideia de um ataque viral imprevisível, ilógico, irracional estabelece a natureza como inimiga a ser temida e ensina a intolerância, o desassossego e a rebeldia.
O resultado dessa doutrina perversa e falsa é a dor, a escravidão, a miséria, a doença e a morte.
Os argumentos e medidas são remendados e invertidos dezenas de vezes. Os tais “cientistas e especialistas” erram em suas previsões, nas ações, nas teorias e jamais se retratam. No lugar de reconhecer seus erros, criam novas mentiras para acobertar suas falhas.
Essa é a “ciência” que determina a sua vida e morte, sua liberdade e escravidão, entre a dignidade e a miséria.

Um comentário sobre “Desmistificando o Covid e a Pandemia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s