As Causas Ocultas do Desastre

As sociedades assim chamadas de democráticas ou de repúblicas federativas constitucionais de um só golpe estão perdendo tudo o que conquistaram e a civilização ocidental revelou toda a sua fragilidade.

Essa regressão e degradação se deve principalmente à perda da individualidade e a entrega ao estado do bem mais precioso que é a vida. Como o Estado passou a controlar e a garantir, supostamente, a saúde, também se apropriou da vida – quando, como, quanto e por que meios você  poderá viver!

O conhecimento sobre as leis da vida é o antidoto para esse verdadeiro horror.
Para não ser manipulado é necessário ter poder de manter e recuperar a própria saúde.
A economia, a política devem ser funções das leis cósmicas e naturais e essas, necessariamente, conhecidas e praticadas por cada ser humano.
O medo, a dependência e o uso de paliativos para as assim chamadas doenças e seus agentes, os gérmens, só podem ser superados para sempre por aqueles que sabem como funcionam.
Sobre isso, e nesse momento, para desfazer toda a farsa midiática e sanitária é preciso saber que:

“Quando metabolismo oxidativo cessa e um corpo morre, as cargas negativas de superfície são perdidas e o terreno fica ácido (hipoalcalino).

As microzimas respondem a sinais bioquímicos – o mais importante sendo o PH. A condição de doença é um meio que apresenta para as microzimas um sinal bioquímico prematuro, significando que o organismo está morto – acidez! Elas (microzimas) mudam consequentemente suas funções e evoluem em formas fermentativas mais vigorosas que refletem (se traduzem) em doença (sintomas como a gripe, por exemplo) – o que Bechamp chamou de “microzimas morbidamente tranformadas”.

Se o hospedeiro (você) não se esforça, enquanto ainda é possível se ajustar, será reciclado mais cedo do que seria o caso (morre!). A saúde por viver saudavelmente e, também, a vida depende da bioquímica sã” – e essa de manter por meios naturais um equilíbrio metabólico (PH).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s