Filosofia da Saúde


Cura-te a ti mesmo!

“Gérmens e outras assim chamadas “causas” podem ser descobertas no curso do desenvolvimento patológico, mas eles são acidentais e/ou casuais, ou no máximo auxiliares – ou, para usar a expressão jurídica, obiter dicta.
O meio apropriado para estudar a doença é estudar a saúde em cada influência favorável ou desfavorável, para a sua continuidade. A doença é saúde pervertida(má saúde). Qualquer influência que diminui a energia nervosa torna-se produtora de doença. A doença não pode ser a sua própria causa; nem pode ser sua própria cura, e certamente, não é a sua própria prevenção”.
Essas ideias que aparecem na obra clássica chamada Toxemia Explicada do Dr. J. H. Tilden são a essência da filosofia da Ciência da Saúde, precisamente opostas a doutrina da pseudociência que está na base da medicina assim chamada de científica.
A humanidade está refém de charlatões que se intitulam “doutores”, cientistas, pesquisadores e especialistas e que são agora não só uma ameaça à saúde física e mental, mas a liberdade. Essa pseudociência está sendo usada como justificativa para impor a população restrições e obriga-la a se submeter a práticas hediondas e perigosas como se fossem fatos científicos incontestáveis.
O problema é que a população não tem nenhuma condição de compreender nada a respeito da vida e da saúde e se submete apavorada aos comandos desses charlatões.
E suas condições de entendimento minguam velozmente na medida que sua saúde geral é afetada pelas drogas tóxicas e pela narrativa massificante e perversa a que são submetidos.
A relação benéfica do Homem com a natureza e sua compreensão direta foi substituída por medo, desconfiança e pela intercessão de uma classe sacerdotal chamada de “médicos” – quando nenhuma ajuda artificial é necessária. A interferência externa usando de uma doutrina falsa conduz a doença e a destruição do organismo porque é prejudicial.
As leis da vida são para serem conhecidas e aplicadas pela pessoa e não por outrem. Na verdade, a função charlatã desses doutores é como se eles quisessem digerir, respirar e evacuar pela pessoa – o que é integrum ineptias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s