A Ciência da Saúde como Caminho para a Libertação

Tratar doenças é empírico, experimental e caótico.
Os doentes aumentam mais do que aqueles supostamente curados e os meios e métodos são substituídos por novos revelando que os anteriores não só eram inadequados, mas baseados em falsos pressupostos.
Isso não é ciência, mas um negócio objetivando o lucro e agora, o poder absoluto sobre as pessoas.
A medicina está resultando em muito mais mal do que bem.
Quando a causa é removida, verdadeiramente, a saúde retorna naturalmente. Pois, o processo de cura pertence a natureza do ser vivo. Só há auto-cura.
Toda a tentativa de interferir nesse processo é desastroso. Hoje, os protocolos de intervenção da medicina alopática estão cada vez mais agressivos e as alterações que resultam em lesões permanentes nos órgãos e funções, de modo que a assistência química se torna indispensável até a morte. Ou seja, a vida é mantida à força de ajuda exterior e a saúde e o equilíbrio jamais retornam.
Isso não é vida, mas estado vegetativo. É claro que o prejuízo maior é nas funções psíquicas e isso impede qualquer evolução e mesmo um comportamento natural e humano.
Não há modo mais eficiente de dominar um povo do que transforma-lo em máquinas obedientes. Um ser humano normal não pode ser submetido e tem seu próprio caminho e meta. A finalidade pretendida pelos poderosos é usar a humanidade para seus objetivos e, para tal, homens saudáveis e com objetivos interiores são um obstáculo.
Assim, a pseudo-ciência médica está sendo usada para a destruição da humanidade, para fazer do planeta um cupinzeiro onde os operários sejam dóceis, eficientes e substituíveis.
Não há saída econômica e política possível – todas as portas foram fechadas, mas há uma saída para dentro, para a conquista da saúde, da auto-suficiência e da busca interior da vontade e consciência. O sonho de que a humanidade poderia ser toda livre e evoluída é impossível, mas alguns podem escapar do terrível destino próximo. Para isso, no mínimo, é preciso pautar a vida pela ciência e independência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s