A Abolição do Direito Sobre o Próprio Corpo, Vida e Saúde


A declaração de pandemia para o suposto Coronavírus foi uma estratégia de guerra para confinar e anular os direitos pessoais.
Ninguém tem direito a determinar o que um ser humano pode ou não fazer na sua vida pessoal e íntima para manter e recuperar a sua integridade.
O corpo, a vida e a saúde são propriedades pessoais e o que se faz com eles é decisão de cada ser humano.
O Estado e os profissionais de saúde devem exercer uma função apenas de auxílio à vida e à saúde e JAMAIS de imposição, controle ou de domínio sobre a pessoa, suas crenças e sabedoria.
O que assistimos hoje é a queda do último baluarte da individualidade e liberdade – a invasão e a total anulação da vida pessoal.
Aproveitaram, maliciosamente, a pandemia shing-ling para avançar sobre a pessoa humana.
E o pior, as doutrinas sobre a que estão baseados o Estado e os doutores são altamente questionáveis.
A vida em sociedade se tornou inviável para aqueles que conseguem ver o risco de perderem completamente o controle sobre a própria vida.
Se associar a outras pessoas com a mesma visão e filosofia para reconquistar a liberdade de viver e dirigir o próprio destino é o único meio de se livrar de ser encarcerado e usado.
A saída dos centros urbanos é essencial, somado a vida ligada a terra e a auto-suficiência e a simplicidade. Nada disso é possível sem um conhecimento superior e oposto as crenças que hoje dominam a sociedade.
Não há mais nada que possa alimentar sequer a esperança de melhora. É urgente um Êxodo do Egito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s