Autopreservação


Os princípios das leis naturais e cósmicas têm, na autopreservação, sua aplicação essencial na humanidade.
As sensações de prazer e dor são os guias que permitem aos indivíduos evoluírem integralmente em corpo e mente. Daí derivam, são avaliadas e afirmadas todas as ideias de bem e mal, vício e virtude, justo e injusto, verdade e erro e, lícito e proibido para a moral individual e social.
É preciso entender que a AUTOPRESERVAÇÃO se refere ao indivíduo e, portanto, não pode ser tutelada de fora, ordenado, obrigado, forçado. É a base da relação de cada um de nós com a vida – com o próprio destino.
Viver em sociedade é essencial para o desenvolvimento básico humano. Precisamos dos outros.
A educação e as relações interpessoais tem função essencial no conhecimento e no disciplinar das paixões, sem o que o Homem estará sujeito a ser enganado por suas limitações intelectuais e indisciplina sobre suas paixões.
A vida artificial e anormal atual está destruindo no Homem essas condições básicas instintivas, sem as quais, não pode ser tornar adulto e equilibrado – se torna um inútil perigoso, um psicopata.
O início de tudo para uma espécie (animal) são seus instintos e estamos incluídos nessa regra. Sem as funções instintivas saudáveis, uma espécie está condenada a extinção. No caso do Homem, isso pode demorar um pouco mais porque, obviamente, ele criará uma sequência de compensações e ajustes para evitar ser aniquilado. Nessa tentativa, a base orgânica e genuína da espécie humana será alterada e pervertida. O resultado não poderá ser outro que uma incapacitação e/ou uma alteração comportamental de modo que essas pessoas não são mais humanos, verdadeiramente.
Uma vez que os instintos foram alterados o membro de uma espécie jamais poderá desenvolver as habilidades próprias dela. No caso humano, todos os princípios morais, de justiça, de certo e errado, de sexualidade, de vício e virtude estarão alterados e distorcidos.
A base de todas as escolas esotéricas verdadeiras se apoia sobre a saúde! Não há como um homem evoluir psiquicamente ou mesmo socialmente se seus instintos estão alterados.
Toda a atual civilização está organizada e tem por objetivo exatamente alterar a natureza humana. Dessa forma, não haverá nenhuma evolução possível ao homem e, menos ainda, à civilização. Mas, ao contrário, se espera uma decadência continua do Homem até que se torne um aborto deformado do que deveria se tornar.
Se não se compreende a importância e a necessidade de preservar o centro instintivo e suas funções é porque não se alcança que esse é precisamente o fundamento da humanidade. Não se pode erguer um verdadeiro homem, e menos ainda um novo homem, sobre um alicerce cambaleante.
Há muito o Homem está doente e agora, as experiências químicas que realizam sobre ele vão alterar tão radicalmente seu comportamento e funções que deixará de ser humano – a Medicina e a Farmacodinâmica são esses instrumentos de destruição eficientes.
A vida artificial que leva hoje já são suficientes para causar grandes estragos, mas fazer experiências químicas no nível atual é o apocalipse.
A construção e a manutenção de uma base íntegra é a única esperança para o indivíduo e para a humanidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s