Novas ideias sobre as causas da Gripe – Coronavírus

A crença popular de que gérmens e vírus causam doença, não é verdadeira. A falsa ciência da saúde presidida pela OMS disseminou essa crença e praticam essa falsa doutrina prejudicando e matando centenas de milhões de pessoas. Pasteur foi o mentor da ideia que os gérmens de fora do corpo seriam a causa da doença.
Pasteur, apenas um químico, que roubou, plagiou, perverteu os estudos de Antoine Bechamp, que foi um pesquisador e médico. Pasteur condenou a humanidade ao estado deplorável em que se encontra hoje.
Ele roubou desavergonhadamente as conclusões das pesquisas de Bechamp de que os microorganismos estão no ar. O que Pasteur fez foi inventar que esses pequenos seres seriam os únicos responsáveis pela doença e omitiu que uma vez em contato com o ar livre eles perdem rapidamente sua vitalidade e a força para causar doença – são inócuos.
É voz corrente que Pasteur, em seu leito de morte, admitiu aos seus colegas que a imunidade natural de uma pessoa é mais importante que os gérmens na saúde/doença. Pasteur não conseguiu fazer crescer culturas de gérmens sobre frutos frescos, enquanto, por outro lado, cresciam em uma solução podre.


Duas condições devem estar presentes para que gérmens patogênicos entrem ou se desenvolvam no tecido vivo:

  1. Algo próximo ao gérmen deve ter enfraquecido o tecido;
  2. Devem haver resíduos ácidos presentes nos tecidos para os gérmens viverem neles. Eles não podem existir num meio equilibrado, nem podem crescer ali.
    A conclusão é direta: se o organismo está relativamente livre de resíduos tóxicos, bactérias e/ou vírus não podem se desenvolver dentro deles. Pessoas saudáveis permanecerão saudáveis apesar de bactérias e vírus dentro e fora deles.

O nosso organismo está projetado de forma a lutar com excepcional eficiência e inteligência para eliminar agressores.
O que é preciso entender aqui:

  1. Todas as formas de doenças são causadas por acumulações de resíduos tóxicos e ácidos nos sistemas funcionais do organismo, o primeiro e o mais importante daqueles é o cólon. As doenças se iniciam ali.
  2. O corpo inicia todas as doenças agudas tais como resfriados, gripes, febres, erupções, escarlatina, sarampo, na tentativa de reduzir a acumulação de resíduos acumulados. Por outro lado, as doenças crônicas, tais como diabetes, artrite, bronquite, câncer, entre outras, são a evolução das crises agudas repetidas e tratadas com medicações químicas e vacinas que aumentam os resíduos tóxicos, impedem a eliminação e causam lesões irreversíveis nos tecidos.
  3. O corpo tem a habilidade de retornar à saúde, desde que sejam dadas as condições naturais e adequadas para essa recuperação .
    Nós, definitivamente, não “pegamos” doenças, nós as causamos! Nossos maus hábitos as criam. Nós não “pegamos” uma gripe, nós a construímos alterando o equilíbrio e preparando as condições para que vírus e bactérias se reproduzam e/ou se formem dentro de nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s