A Superstição do Século XXI


Os homens e mulheres cultos e honestos dessa época acreditam em contos medievais nos quais os maus espíritos, bruxas e magos se apresentam atualmente na forma de gérmens, de seres microscópicos, que foram eleitos por charlatões travestidos de cientistas como os grandes inimigos da humanidade. Na verdade eles não representam nenhum perigo e contribuem para a boa saúde. A causa das doenças está no terreno, no equilíbrio interno perturbado.
A força dessa superstição só faz aumentar desde seu mentor, Pasteur com sua doutrina dos gérmens. Esse é mais um caso onde toda uma classe se prostituiu por lucros e controle de mentes e corpos.
Como muitas outras áreas do conhecimento, estranhamente, a medicina e a farmacodinâmica se tornaram armas terríveis e ocultas nas mãos dos políticos. A medicina fica com o lucro e o estado com o poder.

O risco sob a ditadura da doença, do medo e da superstição está aqui multiplicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s