Doutores, Terapeutas, Curadores?


Uma das primeiras exigências da verdadeira ciência da saúde para aqueles que são profissionais e pretendem aconselhar, ensinar e tratar de pessoas com má saúde é que tenham eles mesmos não só conquistado a integridade física e psíquica como continuem fiéis as leis que regem a vida e a saúde durante toda a sua vida.
Pessoas doentes e com hábitos pervertidos não podem ajudar ninguém!
Não há nada mais eficiente do que o exemplo, o bom e o mau para produzir mudanças nos outros.
Os biogenistas e higienistas naturais são profissionais que antes de ensinarem os seus clientes, eles mesmos seguem os princípios.
Um profissional que é responsável pela saúde não tem o direito de ser hipócrita.
Gravíssimo é esse mesmo comportamento irresponsável em profissionais de saúde mental: psicólogos e psiquiatras – a maioria nem mesmo pode ser classificada como “aprendiz de feiticeiro”.
O fato é que a grande maioria tem a sua atividade como um meio de fazer dinheiro e não há nenhuma relação ética entre como vivem e o que pretendem, pela reserva de mercado, proporcionar como cura.
Há muitos problemas na atuação dos profissionais da saúde, mas o fato de viverem incorretamente sendo péssimos exemplos para os seus clientes e ainda, de serem incapazes de através de suas terapêuticas não poder eles mesmos se curarem, são sinais que deveriam servir como advertência as pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s