O Poder nas suas Mãos

“Hospitais, penitenciárias, asilos não são construídos suficientemente rápido para darem conta da senilidade prematura. Isto é o que a doença é – tecido envelhecido superando a reserva do novo”.

Talvez assim fique mais fácil de compreender quando todo um sistema de vida, uma civilização, se encaminha para o fim.

Os sintomas de senilidade, de inadequação, de limitações, de loucura nos indivíduos são compartilhados pela sociedade. A lei que governa um homem, governa a sociedade e o universo também.

A verdadeira ciência da saúde e a sua filosofia é conhecida e aplicada por um modelo oposto àquele da medicina alopática atual – e não poderá ser encontrado na ciência oficial. Decidiu-se chamar todas as abordagens da saúde fora do sistema oficial de “alternativos”, ou “holísticos” lhes dando uma conotação de inócuos, anticientíficos e até, ilegais.

Há uma escolha a ser feita e, abandonar o velho e o inadequado, tem todas as vantagens, mas não é gratuito. Há algumas decisões a serem tomadas individualmente que são efetivas pessoalmente, mas significam uma oposição permanente com o sistema e a sociedade. Uma mudança de filosofia de todo o sistema oficial de saúde é quase impossível. No caso, os mercadores da doença e a ignorância generalizada do povo, impedem que o velho e ineficiente sistema seja descartado.   

Uma civilização construída sob bases falsas e que perdeu de vista seus valores fundamentais  e metas não produz nada verdadeiro e o que se tornou hegemônico é visto como correto. As conquistas dessa civilização são por esse mesmo motivo, uma ilusão.

O modelo atual é falso e ilusório. O paradoxal é a insistência em repeti-lo e esperar que, num futuro mítico, aquilo que se mostra torcido e falho trará uma solução milagrosa. Acredita -se em curas – mesmo que os maus hábitos externos e internos que são destrutivos estejam presentes no povo por toda a vida. O que eles acreditam é que mesmo vivendo caoticamente, sem compreender nada sobre si mesmos, um remédio ou um doutor lhes salvará na última hora.

Uma total inversão do pensamento e seu desenvolvimento nessa nova direção começará por abrir novos caminhos e soluções, começando pelo indivíduo. A conquista é pessoal e custa um esforço sutil. O todo é a soma das partes. Não se pode salvar o mundo sem antes salvar-se a si mesmo. Comece já, com você – não fique à espera de um salvador na vigésima quinta hora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s