As Bases da Vida

“A nossa mais preciosa posse é a vida”!

Essa declaração extraída do Credo da Sociedade Biogênica Internacional é auto-explicativa. Poucos contestariam que há um valor maior do que a própria vida.

Há vários fatores que são essenciais à vida e à saúde e que deveriam estar na base do nosso viver e determinar o nosso comportamento e regras sociais. Ignorar e negligenciar esses fatores condena o indivíduo e a sociedade a muitos problemas e ao fracasso.

Estranhamente, mesmo que ninguém conteste que o ar puro é essencial, se discute quais alimentos são não só apropriados, mas tem uma relação biológica com o ser humano – as pessoas desprezam todas as regras biológicas da alimentação.

Há experimentos clínicos que demonstram inequivocamente que, diante de um estado de privação de alimento, uma criança em um ambiente fechado com frutas, alimentos cozidos e animais sempre escolherá as frutas e JAMAIS atacará os animais para despedaça-los, lhes tirando a vida é bebendo seu sangue, engolindo duas vísceras e comendo seus músculos e ossos.

O que se conclui disso?

Que o ser humano é basicamente um frugívoro, um coletor e jardineiro e não um caçador e que, por outro lado, acabará se alimentando de outros alimentos não naturais e de carnes da mesma forma em que pode ser levado também a se viciar em álcool e drogas ilícitas – sobre essas também se dirá que ela “gosta” e que não pode ficar sem elas.

Hoje é quase impossível afirmar o que é natural e humano diante de um ambiente e hábitos pervertidos por maus costumes e interesses escusos – e temos que assistir seres deformados e viciados em substâncias impróprias à saúde e à natureza justificando seus maus hábitos e pregando seu uso universal.

Porém, ações simples desmontam a farsa daqueles que justificam seus vícios como fazendo parte da natureza.

O fato é que não podemos fazer qualquer coisa com os nossos corpos, sob pena de nos transformarmos em semi-humanos – não dá para relativizar aqui sem causar um prejuízo real. Assim, poderia ainda ser classificado como humano quem está sob influência de substâncias impróprias à sua natureza? Quais deformações de caráter, mentais e morais são produzidas por esses maus hábitos e vícios?

A nossa mais preciosa posse é a vida e ela deve ser protegida antes de tudo. Agora, essa vida a ser protegida inclui a origem e a meta supra-natural da humanidade. O que estamos fazendo com essa preciosa posse?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s