A Regeneração

Quando se compara o homem tradicional do passado com o homem contemporâneo imediatamente se compreende que estamos falando quase de espécies diferentes entre as quais a de hoje sofreu um prejuízo, uma involução. Todas aquelas condições de ambiente e pessoais do passado foram substituídas por sub-condições e sub-pessoas, de tal maneira que hoje temos uma massa enorme, muito multiplicada em números, mas reduzida em espécimes capazes, com aquelas condições mínimas para empreender um longo e difícil caminho para um renascimento como um Novo Homem, um ser superior, evoluído e com poderes inimagináveis para as pessoas de hoje.

Deveria ser chocante para o homem contemporâneo a sua inferioridade em relação aos homens do passado. Parece que a época dos heróis, dos gênios, dos grandes líderes ficou distante. Não há, na maioria, vitalidade, inteligência, intuição, sensibilidade e poder para as grandes obras, para fazer o bem. O que aconteceu?

O homem se distanciou e foi mesmo impedido de viver em contato com as fontes de energia, harmonia e conhecimento que foram abundantes para os nossos ancestrais. As “conquistas” da ciência, da tecnologia e político-sociais submeteram o homem a condições artificiais e anti-naturais privando-o das fontes necessárias ao seu pleno desenvolvimento. O suposto desenvolvimento foram das máquinas, das instituições e governos mas, tudo isto, em detrimento do homem.

As “esperanças” do homem contemporâneo estão todas no exterior, em algum salvador, num líder, numa droga milagrosa, na loteria. Ele mesmo já não é capaz de olhar para si mesmo e ver que o problema não está fora, mas nele, na sua mediocridade e nulidade.

Chegou -se a um ponto em que a deterioração da vida social e pessoal é obstáculo real e concreto até para proporcionar aquelas condições mínimas e necessárias à uma vida natural e normal que levaria o homem a apresentar uma saúde e vitalidade requeridas para que seu pensar e agir fossem basicamente humanos e não sub-humanos.

Um comentário sobre “A Regeneração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s