A Unidade da Doença

Acho que todos nós, mesmo aqueles que não são profissionais da saúde já encontraram pessoas que estão sempre enfermas e passam de uma doença a outra: úlcera, asma, bronquite, varizes, colite, cefaleia, insônia. O que são esses sintomas? São elas várias entidades, onde cada nome determina uma tal doença separada das outras ou são essas manifestações de um desarranjo sistêmico? Há uma causa específica para cada uma delas?

Ou, essas tais doenças com seus variados sintomas resultam de uma causa que existiu para todas elas desde o início e ainda existe, cuja remoção permitiria o corpo curar-se de todos esses desarranjos?

O fato por trás desses questionamentos é que não só esses desarranjos teimam em voltar, como voltam com outras formas e isso, porque as causas não foram removidas, e o tais “tratamentos” apontavam para a atenuação ou remoção dos sintomas e não das causas.

O fato é que todas as doenças, não importa como se apresentem, são uma e a mesma.

A alopatia se ocupa em tratar doenças agudas até que se convertam em doenças crônicas, ou pior.

A patologia é uma evolução direta do desarranjo de função orgânica ou fisiológica – resultado do enfraquecimento do poder de funcionamento pelos hábitos enervantes muito comuns nas pessoas que compartilham de maus hábitos de vida.

Todas as assim chamadas doenças estão relacionadas.

Uma pessoa que está com um resfriado severo apresentará, ao mesmo tempo, sintomas de diversas “doenças”. Deveriam cada uma delas ser especialmente tratadas e ainda, por diferentes “especialistas”? Na verdade, essa pessoa está simplesmente em má saúde e com sintomas agudos: febre, tosse, rinite, amidalite, faringite, dores no corpo.

Todas essas supostas “doenças” nomeadas aqui são, de fato, fases locais diferentes de toxemia. A única e verdadeira “doença”.

Para concluir, o organismo humano é um todo coordenado e qualquer coisa que tende a interferir com a unidade dessa estrutura ou função torna-se um fator na causação de “doença”.

A verdadeira Ciência da Saúde, a Higiene Natural, reconhece a unidade da doença (dos sintomas) e a unidade de causa.

Isso elimina toda aquele novelo interminável de complicações, dúvidas e fracassos na qual a falsa ciência da saúde tortura e mata seus pacientes com seus intermináveis tratamentos, drogas e especialistas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s