Hábitos Destrutivos

“Nossos sacerdotes nos ensinam a desprezar os instintos; nossos instrutores em saúde nos ensinam que um modo de vida qualquer é tão bom quanto outro; o sistema de lucro desenvolveu milhares de meios para fazer os vícios intoxicante sedutores, enquanto a indústria farmacêutica internacional que trafica e vende venenos em todo o mundo é um dos mais lucrativos negócios – removeu a vigilância e as advertências com as quais nossos ancestrais protegiam seus lares contra a intrusão dos vícios estranhos a cultura tradicional. Nosso governo, também, se coloca na posição de educador original em maus hábitos. Ele autoriza e licencia os bares, promove a vacinação forçada das crianças com drogas perigosas, licencia drogarias, o cigarro, o álcool e os produtos de alimentação que degradam a saúde.

Pode-se somar a essa advertência centenas de outras “maravilhas” lucrativas para os empreendedores que contribuem para perverter os instintos e destruir a saúde em nossa atual adorada civilização.

Licenciam, tudo, por uma soma de dinheiro. Qualquer negócio ou conduta que degrada e destrói, em qualquer nível humanidade, é uma violação do princípio moral. Os homens não têm o direito de licenciar o incorreto, o danoso”.

Nos últimos 100 anos, com a chamada “revolução industrial”, o crescimento abrupto de formas hediondas de destruição do equilíbrio natural do meio ambiente e do próprio homem não permitiu que meios eficazes de defesa e equilíbrio surgissem – enquanto todos estão ocupados com “eficiência e lucro”.

A ideia de movimentos como, o Essênio Biogênico e da Higiene Natural, se ergueram no século 19 e 20 como obstáculos a essa tendência degradante e como meios de devolver ao homem e ao planeta aquelas condições que são únicas para o desenvolvimento e evolução integral da humanidade.

Apesar da atual situação, das agressões continuadas, das enfermidades resultantes, há saída, e ela está fora do sistema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s