Evolução

O que é evolução e o que a possibilita?

Antes de qualquer coisa evolução é transformação, é renovação, é reconhecer que algo não ia bem e/ou faltava. É frequente que não se pode construir sobre um alicerce inadequado ou faltante. Em biologia evoluir é deixar de ser algo num tal nível que um novo ser, supostamente surgiria. A ideia de evolução mecânica, casual, inconsciente, do inferior para o superior, do simples para o complexo através de um processo mutacional é biologicamente impossível, mas ilustra as dificuldades de melhora e transformação. Esse novo, rompe com a estrutura antiga de maneira que nem mesmo a reconhece mais e segue para um destino e possibilidades inteiramente novas.

O que nos interessa aqui é toda a ideia que dá suporte à evolução psíquica, que é invisível, que não pode ser detectada a não ser por seus resultados ou por outros que já passaram pelo mesmo processo.

Há muito em nossa sociedade imaginado ser uma evolução que não só não é como se revela uma piora.

O Movimento Essênio Biogênico se ocupa de uma possível transformação, uma evolução que o ser humano pode obter que não é no corpo físico, mas na capacidade de compreensão através sempre de um esforço consciente, inteligente e voluntário. Não vemos como possível e não nos interessamos por aperfeiçoamentos sociais, políticos e civilizacionais em detrimento do crescimento pessoal. O nosso alvo é o indivíduo. Temos a convicção de que uma mudança real e efetiva não é para todos, mas para alguns. São esses poucos, que se interessam e estão suficientemente preparados para aperfeiçoar-se que terão chance de evoluir e sobre os quais um investimento faz sentido.

Aqui se deve insistir no conceito do que chamamos Esoterismo.

E isso porque nenhuma mudança real numa pessoa pode se dar sem que ela compreenda e pratique os princípios esotéricos.

“Algumas pessoas podem compreender a ideia do esoterismo e outras não. Por que?

A atitude de olhar para si mesmo e admitir que podemos estar errados, que seria bom poder melhorar, que deve haver pessoas mais evoluídas e que o conhecimento que as elevou existe e pode ser encontrado são coisas que levam uma pessoa a se auto-observar, a de dividir em algo que observa e todo o resto que pode ser observado nelas mesmas. Exatamente aí começa o esoterismo. O contrário disso e seus motivos é a negação de que há Deus”.

Se uma pessoa é sincera, certamente ela terá um choque com o texto acima: não o compreenderá e o rejeitará e até ficará furiosa, ou se identificará e passará a procurar por instrução e os meios para se transformar.

Antes de poder se aproximar de um movimento esotérico, como por exemplo, o Ensinamento de Yaohushua ha Mashiakh (Jesus, o Cristo) há um longo e trabalhoso caminho, cheio de obstáculos, provas e super-esforços. Entrar em uma das assim chamadas igrejas oficiais cristãs não é, nem de longe suficiente.

Os pré-requisitos são extensos. Entre esses trazemos:

“O método psicológico, que começa com algumas admissões:

1. Que as coisas têm seu significado interior

2. Que as coisas estão conectadas e são interdependentes.

3. O fato da relatividade da mente. Assim, para cada mente usada a compreensão do mesmo assunto mudará. Cada coisa, cada conclusão, cada dedução é um quadro mental, e é meramente o resultado do trabalho de nossa mente. A nossa mente ordinária não é a única que existe.

4. O esoterismo parte do princípio de que há um círculo interior da humanidade.

5. A humanidade consiste em quatro círculos: o esotérico; o mesotérico; o exotérico e o círculo externo ao qual a maioria pertence.

6. O esoterismo implica na transmissão do conhecimento

7. O esoterismo presume a existência de um certo grupo ao qual o conhecimento pertence.

8. Muitas coisas que imaginamos que sejam possíveis, como a compreensão e o conhecimento da verdade, as emoções positivas, justiça, são coisas que só possíveis e encontradas no círculo interior e jamais no círculo exterior.

9. O círculo interior, por outro lado, pode ser encontrado. O único significado do conhecimento oculto é que ele pode ser encontrado. O mais importante é como reconhecê-lo.

10. O esoterismo não requer sociedades secretas ou lugares secretos.

11. O reconhecimento das ideias esotéricas podem vir através do método psicológico.

12. O método psicológico toma muitas coisas em consideração e as relaciona”.

Antes de tudo, uma pessoa precisa se ver inadequada, ignara, confusa, com muitas incertezas para poder fazer um giro de cento e oitenta graus e questionar-se a ponto de procurar fora de seu dia a dia um novo caminho. Não há outro começo possível.

O Renascimento é a essência de nosso trabalho. A evolução é possível e em uma direção muito diferente daquela que imaginamos e a sociedade estimula.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s