Desde já é preciso escolher: curar-se ou ser curado, ser agente ou paciente

Higiene Natural e Medicina contrastados

1. A falsa ciência da saúde ensina que a doença é inevitável; a Higiene Natural ensina que a saúde é o estado natural do homem.

2. A falsa ciência da saúde ensina que a doença é um processo destrutivo; a Higiene Natural ensina que a doença é um esforço remediante.

3. A falsa ciência da saúde ensina que as doenças devem ser curadas; a Higiene Natural ensina que elas devem ser permitidas cumprirem seu trabalho remediante. “O sistema de drogas se esforça para curar doenças. O Sistema Higiênico se esforça para curar pacientes”.

4. A falsa ciência da saúde ensina que venenos são coisas apropriadas com as quais curar doenças; a Higiene Natural ensina que as coisas normais da vida são as substâncias e influências apropriadas com as quais construir a saúde.

5. A falsa ciência da saúde ensina que as drogas (coisas mortas) agem no corpo; a Higiene Natural ensina que é o organismo vivo age sobre as drogas.

6. A falsa ciência da saúde ensina que as drogas curam as doenças; a Higiene Natural ensina que as drogas produzem doenças. A Higiene Natural ensina que a administração de cada nova droga requer esforços remediantes novos e adicionais para livrar o corpo do veneno – com cada droga, há uma nova doença.

7. Os médicos costumavam sangrar, empolar, provocar vômito, e diarreia; agora eles injetam, fazem transfusões, cortam e vacinam para curar doenças; a Higiena Natural proporciona alimentos, ar, água, sol, atividade, repouso, sono e limpeza – em uma palavra, necessidades fisiológicas.

8. A falsa ciência da saúde procura curar doença ( uma entidade maléfica com vontade própria – semelhante às crenças supersticiosas); a Higiene Natural procura remover a causa da má saúde.

9. A falsa ciência da saúde afirma que as doenças são causadas por vírus, bactérias, parasitas, defeitos hereditários, congênitos, idade, enfim, são causados pela natureza; a Higiene Natural ensina que as doenças são o resultado das violações das leis da vida. Os doutores se comportam como se fossem ignorantes das simples regras da vida e da saúde.

10. A falsa ciência da saúde ensina que a doença pode ser prevenida por imunização; a Higiene Natural ensina que a obediência às leis da da vida é o único preventivo da doença.

11. A falsa ciência da saúde é um sistema de tratar doença, um sistema espetacular de paliação (alívio); a Higiene Natural é um caminho de vida, uma filosofia, ciência precisa e compreensível.

12. A falsa ciência da saúde não abre diálogos e se ofende se for perguntada ou questionada. É exigido respeito e confiança absoluta e deve-se seguir cegamente suas diretivas. Você deve ser crédulo e ignorante; na Higiene Natural o primeiro passo para restaurar a saúde é iluminar o enfermo. A melhor formulação para a crença na Higiene Natural é um completo conhecimento de fisiologia e das causas da doença. Nós não temos mistério a não ser o grande mistério da vida. A Higiene Natural ensina a saúde.

Em geral, a confiança na falsa ciência da saúde é tanto maior quanto for a falta de compreensão do paciente. E isso é compreensível. Ele só quer ser curado, salvo e assim, precisa “crer”, estupidamente – o que é a raiz da superstição. Todos os nossos livros, publicações e jornais são para os nossos clientes – são eles que devem ser instruídos e compreender para poderem crer, e se curar, verdadeiramente. Todas as publicações da falsa ciência da saúde são para os profissionais e especialistas, numa linguagem que aquele que procura ajuda, não pode compreender. O resultado de milhares de anos de crença nos curadores e drogadores tem sido um aumento das doenças e uma assustadora e terrível mortalidade.

13. Na falsa ciência da saúde é solicitado restaurar a saúde pelo uso daquelas coisas que a destroem; o aumento do vigor é esperado através do processo que exaure e é solicitado desenvolver os poderes do corpo ao desafiar a natureza – daí é que os planos em voga são por sua própria característica e natureza, empíricos e não científicos; o plano da Higiene Natural, por outro lado, é o plano da natureza e o método é, o próprio método científico. A falsa ciência da saúde confessa seus fracassos, a imprevisão de seus métodos. É evidente que os venenos administrados por eles como “remédios” impedem os processos curativos naturais. Em Higiene não se falsifica os sintomas para aliviá-los com drogas – nós não envenenamos!

O homem dessa era, está dependente de tudo. Não tem autonomia, se fez escravo e sonha que é livre.

Independência e auto-suficiência significam liberdade e sobrevivência. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s