14. “Verdadeiramente, venho para trazer paz sobre a terra. Mas quando falo, vede! – uma espada acompanha. Eu vim para unir, mas vede! – um homem estará em desacordo com o seu pai, e a filha com a sua mãe, e a nora com a sua sogra. E os inimigos do homem serão aqueles de sua própria família. Porque o injusto não pode unir-se àqueles que são justos. 15. “Aqueles que não tomam sua cruz e seguem após mim não são merecedores de mim. Aquele que encontra a sua alma a perderá; e aquele que perde a sua alma por minha causa a encontrará”.

 

A citação acima está no Evangelho dos Doze Santos, também conhecido como Evangelho dos Nazarenos. A passagem correspondente em Mateus10:34-36 diz assim: “Não penseis que vim para trazer paz na Terra; não vim para trazer paz, mas a espada. Porque vim para trazer dissensão do homem com seu pai, e da filha com a sua mãe, e da nora contra a sua sogra. E os inimigos do homem serão os de sua casa”

É evidente que o significado dessas passagens não é literal ou externa.

A doutrina que o Mestre Yaohushua-Miriam trouxe aponta para um questionamento radical de todos os valores, crenças e conhecimento. Ele ensina conceitos de meta-justiça. Assim também, seu Ensinamento traz uma nova e mais exigente Lei, uma verdade além das aparências. Ele nos apresenta um mundo novo que só um Novo Homem, evoluído, com uma compreensão superior, derivada de uma transformação psíquica pode perceber. O mundo das aparências e as “verdades” científicas e políticas são meias-verdades pelas quais os homens cometem atrocidades. Os nossos sentidos são muito limitados e o que vemos, nem de longe se aproxima da realidade. O sol que vemos no céu já não está onde o vemos há 8 minutos, as estrelas, muitas delas há milhares de anos já estiveram onde as vemos agora. Vemos o passado das estrelas!  A ciência está todos os dias negando as “verdades” sobre as quais se apoiou ontem. As verdades do nosso dia a dia, nossos heróis, logo se transformam no oposto que foram ontem. Enfim, ao rompermos a conexão com o mundo espiritual ficamos sujeitos ao material – o mundo de aparências, que é exatamente aquele mundo criado pelo invisível (invisível para a percepção do homem não evoluído) – o mundo real.  Yaohushua veio reconectar o Céu e a Terra, e ensinar o caminho que nos leva a uma outra condição, acima das nossas limitações atuais.

O começo para uma nova percepção é ser capaz de ver que nossa justiça é injusta, que como somos, o valor que nos damos é falso. Não temos a razão que imaginamos ter. Estar insatisfeito de si mesmo abre uma porta para um mundo real. Ficamos ofendidos facilmente porque nos vemos como justos e infalíveis. O Evangelho vem para destruir essa falsa percepção de nós mesmos. Somos capazes de evoluir, mas como somos agora, somos involuidos, não somos quase nada, somos desprezíveis e inúteis. A autoestima e vaidade precisa ser quebrada, sem o quê, não pode haver crescimento.

O Evangelho apresenta um conhecimento superior, uma linguagem nova os quais, se interessar, precisam ser aprendidos e praticados. Tudo o que lemos no Evangelho, sem exceção é simbólico e se refere a psicologia, ao mundo interior. Pouco ou nada tem a ver com coisas externas, literais, com a moral social. Aliás, nesse caso, da citação que trouxemos, a mensagem é de violência, contraditória ao Ensinamento de paz e amor do Mestre. Esses personagens, pai, mãe, sogra, são “eus”, são personalidades em você mesmo que devem ser observadas e separadas do Eu Real. Assim, isso aponta para um trabalho interior, para uma mudança completa e radical sobre como nos vemos e nos valorizamos. A espada não é literal, mas a verdade superior que separá você de seus eus artificiais e falsos. Ser capaz de olhar para dentro, separar-se daquilo que acreditamos ser nós mesmos revela que aquilo que vê está muito mais perto do Eu do que o que vemos, todos aqueles eus contraditórios. Não é possível mudar e/ou evoluir sem observar-se a si mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s