Natal

NATAL – A encarnação do Adam Kadmon

Como Cristão-Essênio acredito que o resgate da verdade sobre o Salvador é de muita significância para todos que compreendem que não podem apoiar suas crenças sobre quimeras e que a verdade trará luz e fé e assim, a salvação.

Muito além da precisão ou imprecisão da data (ano, mês e dia) como o nascimento de Yaohushua-Miriam, o filho de José e Maria em Belém, Israel, que ocorreu possivelmente bem antes do registrado pelas escrituras e que foram certamente editadas pelo império romano no século IV, como tendo sido no dia 25 de Dezembro – comemorado amplamente desde então -, importa quem nasceu e o seu significado para cada um de nós.
O Evangelho dos Doze Santos, considerado o Evangelho Perdido pelos padres da igreja romana, foi recuperado pelo reverendo Ouseley em 1898. Muito semelhante as passagens dos evangelhos canônicos o nascimento de Yaohushua-Miriam está assim registrado:

ENSINAMENTO 4

O Nascimento de Yaohushua ha Mashiakh

1. Ora, o nascimento de Yaohushua , o Ungido ocorreu como se segue. Sucedeu naqueles dias que César Augusto, por meio de decreto, ordenou que o mundo todo fosse recenseado. E todo o povo da Síria, cidade por cidade, foi recenseado, e eram meados do inverno.
2. E José e Maria também deixaram a Galiléia, saindo da cidade de Nazaré, na Judéia, rumo à cidade de Davi, conhecida por Belém (porque eles eram da casa e da descendência de Davi). Ele e Maria, sua legítima esposa, cuja gravidez se encontrava adiantada, seguiram para ser recenseados.
3. E assim foi que, durante a permanência deles ali, o tempo de Maria se cumpriu. E ela deu à luz seu primogênito na gruta. Maria envolveu-o em faixas e colocou-o na manjedoura, no interior do lugar, pois não havia aposentos disponíveis na hospedaria. E, para sua surpresa, a gruta ficou tomada de muitas luzes. Eram tão brilhantes quanto o sol em sua glória.
4. E havia na mesma gruta um boi, um cavalo, um asno e uma ovelha; e sob a manjedoura havia um gato com seus pequenos; e acima havia ainda pombos. E cada criatura tinha um companheiro de sua espécie: o macho com a fêmea.
5. E isto veio a suceder para que ele nascesse no meio dos animais, os quais veio redimir do sofrimento, por meio da libertação do homem da ignorância e do egoísmo, e pela manifestação dos filhos e filhas de Deus.
6. E havia, na mesma região, pastores, residindo no campo, vigiando seus rebanhos pela noite. E quando esses pastores chegaram ao campo, admiraram-se ao encontrar um anjo de Deus para saudá-los. E a glória do Altíssimo resplandecia em torno deles; e os pastores estavam temerosos.
7. E o anjo disse aos pastores: “Não temais. Eis que vos trago uma mensagem de grande alegria para todo o povo. Neste dia, nasceu para vós, na cidade de Davi, o Salvador, o Ungido , o Santo de Deus. E isto será um sinal para poderdes identificar o recém-nascido Salvador: encontrareis o bebê envolto em faixas, deitado numa manjedoura“.
8. E subitamente havia com o anjo uma multidão de hostes celestes, louvando a Deus e dizendo: ”Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade”.
9. E veio a suceder que, como o anjo os deixou e regressou ao céu, os pastores disseram uns aos outros: “Vamos agora a Belém ver esta coisa que aconteceu, que nosso Deus nos fez conhecer”.
10. E eles se apressaram e encontraram Maria e José na gruta, e o bebê deitado na manjedoura envolto em faixas. E, quando viram essas coisas, contaram a todos sobre a experiência com o anjo e o que lhes fora dito concernente à criança.
11. E cada um que ouvia isso se maravilhava diante do que os pastores contavam, mas Maria tomou todas essas coisas para si e ponderou-as em seu coração. E os pastores retornaram, glorificando e louvando a Deus por todas as coisas que tinham ouvido e visto.
12. E quando oito dias se cumpriram para a sua circuncisão, a criança recebeu como nome Yaohushua-Miriam , como o anjo havia ordenado antes dela ser concebida no ventre. E cumpridos os dias de sua purificação, segundo a lei de Moisés, eles a levaram a Jerusalém, para apresentá-la a Deus (como está escrito na lei de Moisés: “Todo varão que abre o ventre será chamado santo para o Senhor”).
13. E eis que havia um homem em Jerusalém cujo nome era Simeão; e este homem era justo e devoto, e esperava pela consolação de Israel. E a Ruach Santa estava com ele e revelou-lhe que não conheceria a morte, antes que tivesse visto o Mashiakh de Deus, o Ungido de Deus.
14. E Simeão foi conduzido pelo Espírito ao templo; e quando Maria e José trouxeram a criança Yaohushua, para oferecê-la a Deus, segundo o costume da Lei, ele percebeu ser ela um pilar de luz. Então Simeão pegou a criança e tomou-a nos braços e, bendizendo a Deus, disse:
15. “Agora, deixa teu servo partir em paz, segundo a tua palavra. Pois meus olhos viram tua salvação, a qual preparaste diante da face de todo o povo, para ser luz para iluminar os gentios, e para ser a glória de teu povo Israel”. E seus pais maravilharam-se com o que Simeão dissera.
16. E Simeão abençoou-os e disse a Maria: “Eis que esta criança está determinada à queda e à elevação novamente de muitos em Israel. E sua obra será desafiada pelo poder da espada (pois uma espada trespassará tua própria alma também). E seu nascimento é um sinal de mudança que revelará os verdadeiros pensamentos de muitos corações”.
17. E havia uma profetiza chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Asher, de idade avançada, que não se afastava do templo, mas servia a Deus dia e noite com jejuns e orações.
18. E ela deu graças a Deus da mesma forma e falou do Ungido a todos os que procuravam por redenção em Jerusalém. E havendo feito todas as coisas de acordo com a lei, Maria e José retornaram a Galiléia, a sua localidade, Nazaré.

Lembrando: a anunciação foi no mês seis, portanto, Junho. Se considerarmos os nove meses de gestação, teríamos o nascimento em Março e não em Dezembro!
Sempre há um risco mal calculado por escribas, editores e seitas quando, para satisfazer seus interesses, criam fatos e datas – a elevada e importante função humana da fé é extremamente sensível e pode ser destruída por incoerências e imprecisões e facilmente transformada em fanatismo, em superstição ou crença estúpida.
Isso colocado, o que aquele nasceu como Yaohushua-Miriam e tem seu nascimento comemorado em 25 de Dezembro afirma ser:

1. Yaohushua declara que Ele é o Cristo-Messias.
2. Yaohushua declara que Ele veio para o nosso mundo físico de um mais elevado e espiritual mundo chamado “Céu”.
3. Yaohushua declara que foi enviando aqui por Deus.
4. Yaohushua declara que a Sua autoridade é maior do que a de Moisés.
5. Yaohushua declara que Ele é o “Filho Único Emanado de Deus” (isto é, o “Adam Kadmon” , ou a “Palavra” , ou o “Alfa e o Ômega”) .
6. Yaohushua declara que Ele é a “Luz do Mundo”.
7. Yaohushua declara que Ele é a “Porta”.
8. Yaohushua declara que Ele é o “Caminho , a Verdade e a Vida”.

Dentre essas declarações aquela que Yaohushua-Miriam declara ser o Filho Único Emanado de Deus é a mais esquecida e a menos estudada. Reproduzo aqui um estudo de Abba Nazariah,, um reverendo Cristão-Essênio moderno que resgatou muito da perseguida mensagem original do Mestre Yaohushua:

 

5. YAOHUSHUA DECLARA QUE ELE É O “FILHO ÚNICO EMANADO DE DEUS” (isto é, o “Adam Kadmon” ou “a Palavra” ou “Alfa e o Ômega”).
No Novo Testamento Essênio, Yaohushua declara:
“Deus amou de tal modo o mundo, que o Filho Único Emanado é dado e vem ao mundo, para que quem quer que creia Nele possa não perecer, mas tenha a vida sem fim. Deus enviou o Filho ao mundo não para condenar o mundo; mas para que o mundo através Dele possa ser salvo. Aqueles que acreditam em Mim não são condenados; mas aqueles que não acreditam já estão condenados, porque eles não acreditaram no nome do Filho Único Emanado de Deus. E esta é a sua condenação, que a luz veio ao mundo e os homens amaram as trevas mais do que a luz, porque suas obras são más…
Verdadeiramente, aqueles que acreditam e obedecem salvarão suas almas e aqueles que não obedecem, as perderão”.
Para compreender o que Yaohushua quer dizer quando declara ser o FILHO ÚNICO EMANADO DE DEUS, é necessário estar bem versado no MISTICISMO ESSÊNIO KABALISTICO. De acordo à cosmologia do Misticismo Essênio Kabalistico, o Deus imanifesto – EM SOPH – enviou uma emanação e criou o primeiro mundo do universo manifestado, um mundo espiritual chamado: ATSILUTH. Atsiluth é um mundo puramente espiritual; lá não há objetos físicos. É o mais rarefeito, sutil – ALÉM DE TUDO O MAIS PODEROSO mundo espiritual do universo. Em termos de SUPERIORIDADE QUALITATIVA e PRIORIDADE ONTOLÓGICA é o MAIS ELEVADO MUNDO CELESTIAL DO UNIVERSO. É o mundo dos ARQUÉTIPOS DIVINOS. Um “Arquétipo Divino” é o ideal perfeito ou modelo de uma coisa como existe na Mente de Deus, o padrão espiritual de uma coisa. Mas um Arquétipo divino não é como um padrão ou um modelo sem vida; mas, o Arquétipo é a MAIS REAL E MAIS VIVA versão de uma coisa ou entidade. De acordo com a Kabala Essênia, os Arquétipos Divinos para a humanidade são o masculino ADAM KADMON e sua contraparte feminina SHEKINAH. Yaohushua ha Mashiakh declarou – e seus seguidores aceitaram a declaração – que ele era o ADAM KADMON, descido do mais elevado céu de Atsiluth para a Terra numa missão messiânica de Deus. Yaohushua, como Adam Kadmon, é também “O FILHO ÚNICO EMANADO DE DEUS” pela seguinte razão: SOMENTE O MUNDO DE ATSILUTH FOI DIRETAMENTE CRIADO POR DEUS; todos os seguintes passos da criação foram realizados por ADAM KADMON com a assistência de SHEKINAH e vários ESPÍRITOS CRIATIVOS do mundo de Atsiluth. O próprio Yaohushua enfatiza que NÓS SOMOS TODOS FILHOS DE DEUS; mas somente Adam Kadmon (Yaohushua) e Shekinah – pela virtude de serem Arquétipos Divinos – foram DIRETAMENTE EMANADOS POR DEUS. Então, de acordo ao Misticismo Essênio Kabalistico, Yaohushua é verdadeiramente o FILHO ÚNICO EMANADO DE DEUS, assim como todos nós somos filhos de Deus na medida que Deus emanou o Arquétipo que, por sua vez, nos emanou.
Para compreender a explanação acima, é proveitoso considerar a doutrina Joanina do “LOGOS” ou “PALAVRA”. Nos primeiros versos do Evangelho de João, lemos:
“No início era a Palavra e a Palavra era com Deus e a Palavra era da mesma essência de Deus. Ele estava no início com Deus; todas as coisas foram feitas através Dele e sem Ele nada foi feito do que se fez”.
Acima, vemos que a Palavra (“Adam Kadmon”, ou “Cristo”) existia anteriormente a criação de qualquer coisa mais, E FOI A AGÊNCIA USADA POR DEUS PARA CRIAR TUDO O MAIS. Mas aquilo não significa que a própria Palavra jamais foi criada por Deus; porque, nas Homilias Clementinas e Reconhecimentos lemos:
“Deus fez primeiro o Cristo; Ele foi o início de todas as coisas. E mesmo sendo o Filho de Deus e o início de todas as coisas, tornou-se homem”.
O Evangelho de João concorda que mesmo a Palavra foi o agente através do qual o mundo inteiro foi criado. Ele, como Yaohushua ha Mashiakh , mais tarde escolheu vir a encarnação física como um homem:
“Ele estava no início com Deus; todas as coisas foram feitas através Dele… Nele estava a Vida e a Vida era a Luz dentro dos Homens…A verdadeira Luz que ilumina cada homem que veio ao mundo. Ele estava no mundo e o mundo foi feito através Dele, ainda o mundo não o conheceu…E a Palavra tornou-se carne e habitou entre nós, cheia de graça e verdade; nós vimos sua glória, glória como do Filho emanado pelo Pai…”
Obviamente, a doutrina Joanina sobre a Palavra concorda perfeitamente com a doutrina da Kaballa Essênia sobre Adam Kadmon. E ambos os termos – a Palavra e Adam Kadmon – concordam perfeitamente com a ideia do FILHO ÚNICO EMANADO DE DEUS. Outro termo que ajuda iluminar a inteireza dos termos acima – especialmente adicionando significado à ideia de Adam Kadmon como MODELO – é O ALFA E ÔMEGA. Sem uma compreensão de Yaohushua como Alfa e Ômega, sua declaração de ser o Filho ÚNICO Emanado de Deus pode ser mal interpretada como um desejo por exclusividade de sua parte. Mas a compreensão de Yaohushua como Alfa e ÔMEGA, ilumina o desejo de Yaohushua para nos INCLUIR em sua relação com Deus e não de excluir. Explicando: o termo Alfa e Ômega aparece no LIVRO ESSÊNIO DA REVELAÇÃO (publicado como uma parte de EVANGELHO ESSÊNIO DA PAZ, Livro II) e a Revelação encontrada no Novo Testamento Canônico. O termo é usado em conexão a Yaohushua ha Mashiakh em seu papel pós-ressurreição de Adam Kadmon, o Filho Único Emanado de Deus. Alfa é a primeira letra do alfabeto grego. Ômega é a última. Então, na Revelação, o Cristo ressucitado declara:
“Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Início e o Fim”.
A chave para desvendar o significado místico das palavras acima foi dada em nossa discussão prévia de Adam Kadmon como ARQUÉTIPO. Lembre-se que descrevemos um Arquétipo como não somente a PRIMEIRA manifestação de uma coisa no mundo espiritual de Atsiluth, mas também o MODELO para tudo o que seguirá. Adam Kadmon como Yaohushua ha Mashiakh é o Arquétipo perfeito para o ser humano; Ele é o que nos tornaremos. Mesmo que isto envolva muita evolução espiritual, nosso destino como seres humanos é tornar-nos como Yaohushua ha Mashiakh, nosso Arquétipo humano perfeito. É neste sentido que Adam Kadmon é o primeiro e o ÚLTIMO, O Alfa e o ÔMEGA. Este é o ato final de INCLUSIVIDADE CÓSMICA! Nesta luz estamos livres do erro da falsa noção que a declaração de Yaohushua ser o Filho ÚNICO Emanado de Deus é uma declaração de uma relação exclusiva com Deus. Nesta perspectiva percebemos que o verdadeiro propósito da criação direta da Palavra de Deus FOI A NOSSA CRIAÇÃO PELA PALAVRA. Sob esta perspectiva, somos todos filhos de Deus através do Cristo, nosso Arquétipo. Sob esta visão somos abençoados. (Será notado que o termo “Filho do Homem” usado por Yaohushua para descrever a si mesmo refere-se ao fato que como nosso Arquétipo Ele é realmente “O HOMEM FUTURO”, que a presente humanidade dará nascimento. Ele é o Filho do Homem porque Ele é nosso destino Evolutivo. Este é o Seu aspecto Ômega).

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s