A Tuberculose

A volta da morte branca

Há mais de 15 anos a tuberculose foi declara extinta em nosso território e as medidas de prevenção/combate a doença afrouxadas. Agora, sem muita surpresa, somos informados que a tuberculose é epidêmica no Brasil e mata muita gente todos os anos. Mais de 70.000 novos casos da doença todos os anos é assustador por ser esta uma enfermidade muitas vezes mortal, extremamente limitante e que deixa sequelas permanentes.

Oficialmente a definição de tuberculose, que pode atingir todo o organismo, é que: “é uma doença infecciosa, causada pelo bacilo de Koch”. Ao mesmo tempo, estranhamente é reconhecido pela medicna oficial que esta pode ser uma doença que pode começar sem a presença do bacilo e que o bacilo pode aparecer tardiamente. Ainda, e mais misteriosamente, segundo as mesmas fontes autorizadas, nas gargantas de todos os humanos, podemos encontrar bacilos de Koch que, neste caso, não causam a tuberculose.

O reconhecimento pela medicina olopática de que há sintomas importantes de má saúde muito antes da manifestação final da tuberculose é esclarecedora. Ou seja, com ou sem o bacilo, acusado de ser a causa primária e finalda TB, a pessoa diagnosticada como tuberculosa já apresentava muito tempo antes: enervação, toxemia, catarro no estômago, infecção das glândulas do pulmão! A tuberculose é assim, um elo final numa cadeia de causas e efeitos que tem relação com um modo de vida incorreto e doentio que acaba, em pessoas predispostas, em tuberculose.

Os severos distúrbios digestivos metabólicos com putrefação alimentar e suas consequências são a real e primária causa para que o bacilo, habitante natural de nossas mucosas, se instale em alguma local e, na presença deste estado de saúde abalada se desenvolva e destrua o corpo e principalmente o pulmão. A imunidade diminuida, ou ainda, as condições internas alteradas pela toxemia são os fatores que, em uma pessoa com predisposição, levarão à assim chamada doença. O bacilo é, portanto, de importância secundária na TB. O combate por vacinas e venenos violentos chamados anti-bióticos são ineficazes, inúteis, perigosos e enganadores.

Somente um solo fértil que soma maus hábitos, carências alimentares importantes e uma predisposição estrutural acabará na TB. O bacilo não adoecerá uma pessoa saudável. A tuberculose é o resultado de um longo período de erros e de más condições de vida. A maior e definitiva prova de que os métodos e essas teorias oficiais sobre a TB são falsas e enganadoras é que a tuberculose, assim como outras assim chamadas doenças infecciosas, continua indo e vindo e ceifando milhares ou até milhões de vidas apesar das campanhas de “prevenção” e tratamento.

O mais grave de tudo é o que as estatísticas não mostram. É muito comum que a tuberculose siga imediatamente a vacinação – cuja consequência impossível de ser evitada é o bloqeuio do sistema imunitário . A vacinação é o fator precipitador, mesmo que não seja a causa direta e mais importante.

A prevenção é simples e instintiva: ar fresco e puro (fechar a casa, janelas e respirar ar viciado e poluido danifica seriamente a saúde e os pulmões); banhos de sol frequentes e em todo corpo (cujo efeito natural é o aumento da Vitamina D, o maior fator de proteção imunologica contra infecções) e vida ao ar livre; ingestão de muitos vegetais crús – frutas, saladas e legumes; limpeza de corpo e mente; suficiente descanso e sono todos os dias previnirão a TB como nenhum outro método ou vacinas farão.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s